dissabte, 25 de febrer de 2012

HORITZONS


HORITZONS

Espera'm al moll d'un port mil•lenari
car en la falda porte dos segles de cismes
que recorreguí amb sopegades, remant un ideari
amb els rems de sofismes.

Pesada d'horitzons es posà la meua fortuna;
algun designi injust féu entristir el meu fat;
i mentrestant restaré, en l'època oportuna
on el teu somni és nat.


Tania Alegria- Brasil
Traducció al catalá: Pere Bessó


*****

HORIZONTES

Espera-me no molhe de um porto milenário
pois trago no regaço dois séculos de cismas
que percorri aos tropeços, remando um ideário
com remos de sofismas.

Pesada de horizontes se pôs minha fortuna
e algum desígnio injusto fez meu fado tristonho;
e no entanto estarei, na época oportuna
onde nasce o teu sonho.


Tania Alegria- Brasil

2 comentaris:

Ana Muela Sopeña ha dit...

Tania Alegria dijo:

Fez-me feliz encontrar um poema meu publicado nesta página de tão alto nivel. Obrigada, Ana e Pere, pela gentileza. É um privilegio fazer parte do vosso elenco de poetas. A ambos, o meu abraço afectuoso.

Ana Muela Sopeña ha dit...

Cara Tania:

Para mim é uma honra e uma alegria interagir contigo nesta aventura de palavras que é a poesia. Muito obrigada

Um abraço Ana